PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO

 N.º 03/2018

De 27 de setembro de 2018

 

 

“DISPÕE SOBRE CONCESSÃO DE TÍTULO HONORÍFICO DE CIDADÃO SETEBARRENSE E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS”

 

 

 

A Mesa da Câmara Municipal de Sete Barras, no uso de suas atribuições legais, nos termos da Lei Orgânica do Município e do seu Regimento Interno, FAZ SABER que a Câmara Municipal, aprovou o seguinte:

 

DECRETO LEGISLATIVO

 

Artigo 1.º - Fica concedido “TÍTULO DE CIDADÃO SETEBARRENSE”, a Senhora MARÍLIA BRISOLA DE OLIVEIRA.

Artigo 2.º - O Título honorífico ora concedido será entregue ao homenageado por ocasião da comemoração do aniversário do Município de Sete Barras, em sessão solene, no dia 18/12/2018.

Artigo 3.º - O não comparecimento do homenageado ou de seu representante, por qualquer motivo, a honraria será entregue na Câmara Municipal, em data previamente marcada.

Parágrafo Único – A data referida no caput será marcada pelo Presidente da Câmara no prazo de 30 dias a partir de 10 de fevereiro de 2019, sob pena da perda da honraria, tornando-a sem efeito.

Artigo 4.º - As despesas decorrentes com a execução do presente Decreto Legislativo correrão por conta de verba própria do orçamento vigente, suplementadas se necessário.

Artigo 5.º - Este Decreto Legislativo entrará em vigor nesta data, ficando revogadas as disposições em contrário.

 

Mesa da Câmara Municipal de Sete Barras, 27 de setembro de 2018.

 

 

 

RENAN FUDALLI MARTINS

Vereador

 

                                             

 

 

Justificativa

 

                         Marília Brisola de Oliveira, Nascida na cidade de São Miguel Arcanjo, no dia 16 de fevereiro de 1956, terceira de cinco filhos de Bráulio de Oliveira e Hermínia Brisola de Oliveira, formada no magistério no ano de 1977 no Instituto Educacional de Itapetininga e em 1987 concluiu pela Faculdade de Registro o Curso Superior de Pedagogia. Trabalhava na sua cidade natal quando recebeu o convite para substituir por trinta dias uma professora que estava de licença saúde. A sua irmã mais velha Marisa que já esteve nesta cidade lecionando e sempre dizia que as pessoas desta cidade eram muito acolhedoras, então resolveu aceitar a proposta.

                         Foi no dia 22 de abril de 1978 que chegou para trabalhar, ficou morando num apartamento junto com as professoras Lucia Zacarias e a sua irmã Maria Zacarias que na época era diretora da Escola Estadual do Votupoca, e acabou ficando até o fim do ano letivo. No inicio de ano de 1979 fez o Curso de Ação Comunitária, um projeto para trabalhar com a comunidade da zona rural, escolheu o Bairro do Guapiruvu. Foi um ano de muito aprendizado, foi bem acolhida pela comunidade, tendo até hoje muitos amigos. No início do ano de 1980 pediu remoção para a Escola do Bairro Laranjeirinha, nesse mesmo ano no dia 12 de abril casou com o senhor Áureo José de Oliveira e tiveram três filhos, o mais velho o Felipe Agábio que hoje está casado com a Tatiana Haramura nos abençoando com dois netos Matheus de 8 anos e Vítor de 4 anos, a filha do meio Fabíola e a caçula Fabiana.

                         Durante sua jornada de trabalho, passou pelas escolas comunitárias dos Bairros Laranjeirinhas; Olhos D`Agua; Dois Irmãozinhos; já efetivada foi para Escola Estadual Plácido de Paula e Silva com a turma da Pré-Escola, passando para o ensino fundamental básico (Ciclo Básico-1ª e 2ª série), ficou um período no cargo de Coordenação do Ciclo Básico e um outro na Coordenação de 1ª a 4ª série no Projeto Escola Padrão. Com as mudanças que ocorreram em 1996, junto com outros colegas foi transferida para a Escola Estadual Durval de Castro e com a municipalização seu cargo foi para uma Escola de Pariquera-Açu e amparada pela lei foi trabalhar na Escola Estadual Armando de Salles Oliveira e se aposentando no ano de 2006. Depois de três anos já aposentada, foi convidada para assumir a direção da Escola Elvira de Melo no ano de 2009 à 2012 e por mais dois anos como voluntária na direção da APAE. Por todos esses anos de caminhada sempre esteve presente, participando e colaborando com os eventos das quermesses escolares, quadrilhas, desfiles, fanfarras e outras atividades.

                          Na sua caminha de fé, participa ativamente da Comunidade Católica da nossa Paróquia São João Batista.

                          Iniciou com uma forma de gratidão e depois acabou virando uma tradição na sua família, de todos os anos no mês de dezembro gostam de enfeitar sua casa para celebrar o nascimento do Menino Jesus, trazendo para a nossa cidade o espírito natalino.

                          Durante esses 40 anos que mora nesta cidade -38 anos de casada, já se  considera uma cidadã setebarrense, Por morar a maior parte da sua vida em Sete Barras e prestar vários serviços relevantes, tiveram muitos momentos difíceis, mas conseguiu superar.

 

 

 

RENAN FUDALLI MARTINS

Vereador