Câmara Municipal de Sete Barras
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

LEI Nº. 1355/2006

De 5 de abril de 2006

 

 

 

“AUTORIZA O EXECUTIVO MUNICIPAL A CELEBRAR CONVÊNIO COM ORGANIZAÇÃO SOCIAL SEM FINS LUCRATIVOS, PARA O GERENCIAMENTO DO PROGRAMA SAÚDE DA FAMÍLIA – PSF.

 

 

ADEMIR KABATA, Prefeito Municipal de Sete Barras, Estado de São Paulo,  usando das atribuições que lhe são conferidas por Lei, FAZ SABER, que a Câmara Municipal, APROVOU e ele sanciona e promulga a seguinte Lei:

 

Artigo 1.º - Fica o Poder Executivo autorizado a firmar convênio de cooperação técnica e financeira, com Organização Social sem fins lucrativos, inclusive termos aditivos e/ou de reti-ratificação que se fizerem necessários ao gerenciamento do Programa Saúde da Família,.

 

Parágrafo Único – A titulo de subvenção o Executivo repassará mensalmente o percentual de 5% (cinco por cento) dos recursos transferidos.

 

Artigo 2º - A Entidade conveniada deverá manter uma conta bancária específica, onde movimentará numerário oriundo dos repasses dos recursos do Programa Saúde da Família”.

 

Parágrafo Único – A movimentação da conta mencionada no “caput”, será feita pelo Presidente e Tesoureiro da entidade conveniada.

 

Artigo 3.º - As equipes do Programa Saúde da Família prestarão os serviços sob a orientação da Secretaria Municipal de Saúde que responsabilizar-se-á pelo acompanhamento e fiscalização do serviço prestado.

 

Artigo 4.º - A entidade beneficiada deverá apresentar a prestação de contas, referentes as despesas realizadas com recursos oriundos dos repasses do Programa Saúde da Família, mensalmente, em até 30 (trinta) dias após o recebimento do repasse.

 

Parágrafo Único O não atendimento, por parte da conveniada, ao disposto no “caput”, acarretará a suspensão dos repasses pela Prefeitura Municipal, até a regularização da prestação de contas.

 

Artigo 5.º - O convênio ao qual se refere a presente Lei depende, especialmente, da manutenção, pelo Município, do Programa Saúde da Família.

 

Artigo 6.º - Fica o Executivo Municipal autorizado a abrir crédito especial ou crédito suplementar, a serem cobertos com recursos provenientes de repasses do Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado da Saúde.

 

Artigo 7.º - As despesas decorrentes da execução da presente Lei, correrão por conta dos recursos próprios, suplementadas se necessário.

 

Artigo 8.º - Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação.

 

 

 

PREFEITURA MUNICIPAL DE SETE BARRAS, 5 de abril de 2006

 

 

ADEMIR KABATA

Prefeito Municipal

 

 

 

Maria Aparecida de A. Paludeto

Secretária de Adm. E Finanças

 

 

 

 

 

Utilidades:

 

Prefeitura Sete Barras

 

Assembléia Legislativa

 

Governo Estadual

 

Câmara dos Deputados

 

Senado Federal

 

Governo Federal

 

 

 

Pabx.: (13) - 3872-2403    E-mail: camarasetebarras@linkbr.com.br

End: Rua São Jorge, 100 - Vila Ipiranga - Sete Barras / SP - 11.910-000

Site melhor visualizado em 1280 x 800