terça-feira, 21 de maio de 2024 | 16:57

33ª SESSÃO ORDINÁRIA DE 2021

Nesta quarta-feira, 03 de novembro, a partir das 19 horas será realizada a 33ª Sessão Ordinária do ano de 2021.

Após um período sendo transmitida somente via plataformas digitais, as Sessões voltam a ser de forma presencial à população, seguindo todas as medidas de enfrentamento ao COVID-19, como uso de máscara, distanciamento social e álcool em gel.

A transmissão também seguirá via online através do Facebook.

Segue a Pauta da Sessão Ordinária de nº 1531.

LEITURA DA BÍBLIA em Salmos capítulo 36 pelo Vereador Ezelino Alves Cordeiro.

 

EXPEDIENTE: VOTAÇÃO DE ATA.

Votação da Sessão Ordinária de nº 1530 de 26 de novembro de 2021.

 

INDICAÇÕES:

INDICAÇÃO DE Nº 161/2021, indico à Mesa, dispensadas as formalidades regimentais, que seja oficiado o Senhor DEAN ALVES MARTINS, DD. Prefeito Municipal de Sete Barras, solicitando que o mesmo viabilize junto ao Órgão competente para manutenção das ruas do Bairro da Pedreira, localizado no fundo do Sítio dos Hiraide, em torno do bar do Ricardo e a manutenção das ruas de terra no Bairro Jardim Aparecida, rua 11.

Justificativa: A presente reivindicação dos moradores locais visam melhorias nas referidas ruas. Autoria do Vereador LÉLIS FRANÇA JUNIOR.

 

INDICAÇÃO DE Nº 166/2021, indico à Mesa, dispensadas as formalidades regimentais, seja oficiado ao Exmo. Senhor DEAN ALVES MARTINS, DD. Prefeito Municipal de Sete Barras, junto a Secretaria de Obras, solicitando providências quanto a Ponte do Bairro Kakubo, bem como informações sobre uma possível reforma ou a construção de uma nova ponte.

Justificativa: A presente indicação visa atender reivindicações de munícipes do bairro, uma vez que a ponte é rota de passagem de veículos se encontra em situações precárias, com parte do madeiramento comprometido. Para que não haja possíveis tragédias, o requerimento visa buscar soluções para este caso, junto aos órgãos municipais.

Autoria do Vereador LUCAS RANIELLE DE FRANÇA AMARAL.

 

INDICAÇÃO DE Nº 167/2021, indico à Mesa, dispensadas as formalidades regimentais, seja oficiado ao Exmo. Senhor DEAN ALVES MARTINS, DD. Prefeito Municipal de Sete Barras, junto ao Setor de Transporte, solicitando a manutenção da cabeceira da ponte que dá acesso à Vila Cauby.

Justificativa: A presente indicação visa atender reivindicações dos munícipes do bairro, uma vez que a ponte é rota de passagem de veículos, se encontra em situações precárias, com parte do madeiramento comprometido. Para que não haja possíveis tragédias, o requerimento visa buscar soluções para este caso, junto aos Órgãos Municipais.

Autoria do Vereador FELIPE GONÇALVES DA SILVA.

 

INDICAÇÃO DE Nº 168/2021, indico à Mesa, dispensadas as formalidades regimentais, seja oficiado ao Exmo. Senhor DEAN ALVES MARTINS, DD. Prefeito Municipal de Sete Barras, junto a Secretaria de Obras, solicitando a manutenção do vestiário do lado da Quadra Society, localizada no bairro Jardim Magário.

Justificativa: A presente indicação visa atender reivindicações de munícipes do bairro, uma vez que o local está sem telhado e nenhuma condição de uso.

Autoria do Vereador FELIPE GONÇALVES DA SILVA.

 

RECEBIMENTO DE PROJETOS.

PROJETO DE LEI DE Nº. 33/2021 de 22 de outubro de 2021.

Autoria: Poder Executivo Municipal.

Assunto: Autoriza o Poder Executivo a abrir Crédito Adicional Suplementar na Lei Orçamentária Anual do exercício de 2021, para os fins que específica.

Trâmite: REGIME URGÊNCIA.

 

PROJETO DE LEI DE Nº. 034/2021 de 26 de outubro de 2021.

Autoria: Poder Executivo Municipal.

ASSUNTO: DISPÕE SOBRE AUTORIZAÇÃO LEGISLATIVA, PARA ABERTURA DE CRÉDITO SUPLEMENTAR, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

Trâmite: REGIME URGÊNCIA.

 

TRIBUNA – artigo 193 do R. I. – Da palavra livre aos Vereadores por 15 Minutos para uso em Tema Livre.

 

ORDEM DO DIA.

VOTAÇÃO DE PROJETOS.

 

PROJETO DE LEI DE Nº 027/2021 de 31 de agosto de 2021.

“Institui o Plano Plurianual do Município de Sete Barras para o período de 2022 a 2025 e dá outras providências” DEAN ALVES MARTINS, Prefeito Municipal de Sete Barras, faz saber que a Câmara Municipal APROVA e ele sanciona e promulga a seguinte Lei:

Art. 1º-Esta Lei institui o Plano Plurianual do Município de Sete Barras o Quadriênio 2022/2025, em cumprimento ao disposto no artigo 165, § 1º da Constituição Federal, estabelecendo para o período, os programas, seus objetivos e justificativas, os indicadores, custos e metas da administração pública municipal, para as despesas de capital e outras delas decorrentes e para as relativas aos programas de duração continuada, na forma dos anexos que a integram.

Art. 2º- Os programas inseridos no Plano Plurianual, apresentados de acordo com a Portaria nº 42/1999, do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, constituem o elo de integração entre os objetivos do Plano Plurianual, as prioridades e metas fixadas na Lei de Diretrizes Orçamentárias e as programações estabelecidas nas Leis Orçamentárias Anuais correspondentes aos exercícios abrangidos pelo período do Plano.

Parágrafo único – Para fins desta lei, considera-se: I – Programa: o instrumento de organização da ação governamental que visa à concretização dos objetivos pretendidos pela Administração; II – Indicadores: as referências que serão utilizadas para mensurar as situações dos problemas a serem minimizados ou solucionados ao longo do período; II – Ações: o conjunto de procedimentos e trabalhos voltados ao desenvolvimento dos programas governamentais; III – Metas: os objetivos quantitativos em termos de produtos e resultados a alcançar; IV – Projeto: o instrumento de programação para alcançar o objetivo de um programa envolvendo um conjunto de operações, limitadas no tempo, das quais resulta um produto que concorre para a expansão ou o aperfeiçoamento da ação de governo; V – Atividade: o instrumento de programação para alcançar o objetivo de um programa, envolvendo um conjunto de operações que se realizam de modo contínuo e permanente, das quais resulta um produto necessário à manutenção da ação de governo.

Art. 3º – Objetivando adequar e compatibilizar a ação governamental, o Poder Executivo submeterá à autorização Legislativa, eventuais inclusões, alterações e atualizações no Plano Plurianual para o período de 2022 a2025, com as consequentes alterações nas demais leis que compõem o sistema de planejamento.

Art. 4º – Os valores programados e constantes dos Anexos integrantes desta Lei serão revistos e atualizados em cada exercício de vigência do Plano Plurianual, quando da elaboração da proposta de lei de diretrizes orçamentárias e da proposta de lei orçamentária anual.

Art. 5º- As metas e prioridades da Administração Municipal estão expressas nos seguintes anexos que integram esta Lei: I. Anexo I – Planejamento Orçamentário – PPA – Fonte de Financiamento dos Programas Governamentais; II. Anexo II – Planejamento Orçamentário – PPA – Descrição dos Programas Governamentais/Metas/Custos; III. Anexo III – Planejamento Orçamentário – PPA – Unidades Executoras e Ações Voltadas ao Desenvolvimento do Programa Governamental; IV. Anexo IV – Planejamento Orçamentário – PPA – Estrutura de Órgãos. §único – Serão incluídos na Lei de Diretrizes Orçamentárias – LDO, nº. 2034/2021, de 30/06/2021, para o exercício de 2022, os anexos V e VI.

Art. 6º- Nenhum investimento cuja execução ultrapasse um exercício financeiro poderá ser iniciado sem prévia inclusão no Plano Plurianual, ou sem lei que autorize a sua inclusão.

Art. 7º- Esta lei entra em vigor na data de sua publicação.

PREFEITURA MUNICIPAL DE SETE BARRAS, 31 de agosto de 2021.

DEAN ALVES MARTINS Prefeito Municipal.

 

JUSTIFICATIVA: Excelentíssimos Senhores, Presidente e Vereadores desta Egrégia Corte de Leis. Tenho a honra de submeter à apreciação dessa egrégia Casa Legislativa, de acordo com o que prescreve a Lei Orgânica do Município de SETE BARRAS, o presente Projeto de Lei do Plano Plurianual do Município de SETE BARRAS para o quadriênio 2022/2025.

A elaboração do Plano Plurianual foi precedida de um amplo debate envolvendo todos os órgãos da administração municipal, tendo como norte os anseios e desejos de nosso povo.

O Plano proposto está constituído de uma base estratégica onde estão definidas as diretrizes sobre as quais iremos pautar nosso trabalho ao longo dos próximos anos com o fim de garantir uma cidade mais humana a todos os cidadãos e cidadãs na busca pela melhoria da qualidade de vida. Para facilitar sua execução, o Plano encontra-se dividido em eixos, sendo que os mesmos foram estruturados em Programas de Governo e Ações (Atividades, Projetos e Operações Especiais), que se agrupam conforme sua finalidade em: finalísticos, de gestão de políticas públicas, de serviços ao estado e de apoio administrativo.

Assim, apresentamos as Diretrizes, Programas, Objetivos, Indicadores, Ações, Metas e Resultados a serem alcançados nos próximos quatro anos de Governo, destacando, porém, que este projeto ora encaminhado a Vossas Excelências não é uma proposta fechada. Portanto, está aberto a contribuições para o aperfeiçoamento dos programas, de forma que possamos melhor atender às necessidades da população nas áreas de educação, saúde, assistência social, cultura, esporte e lazer, segurança, saneamento, transporte, habitação, urbanismo, meio ambiente, geração de trabalho, emprego e renda, turismo, gestão pública e fiscal.

A presente proposta que encaminhamos para apreciação desta Corte, pelas políticas públicas que contém, é uma demonstração do compromisso pela qualidade, objetividade e transparência de nosso governo na condução dos destinos de SETE BARRAS rumo a um futuro pautado pelo desenvolvimento e prosperidade, com base na inclusão social das camadas mais pobres e o respeito ao direito à vida.

Estamos abertos ao diálogo e colocamo-nos à disposição de Vossas Excelências para o aprimoramento das propostas contidas neste anteprojeto, de modo que a aprovação desta respeitosa Casa transforme este importante instrumento de gestão em um plano plenamente executável com a colaboração de todos e em benefício de nosso Município.

Atenciosamente DEAN ALVES MARTINS, Prefeito Municipal.

 

PARECER DAS COMISSÕES: A COMISSÃO DE MÉRITO, APÓS REUNIÃO, DECIDIU POR EMITIR PARECER FAVORÁVEL AO PROJETO: COMISSÃO DE FINANÇAS, ORÇAMENTO, OBRAS E SERVIÇOS PÚBLICOS: Presidente Felipe Gonçalves da Silva, Relator José Gabriel Ferreira e Membro Willian Daniel Martins.

 

EXPLICAÇÃO PESSOAL – Artigo 203 do Regimento Interno 15 Minutos na Tribuna para cada Vereador, para fazer o uso da palavra.

ENCERRAMENTO.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support